Tuesday, November 6, 2012

Tudo é história...

Viajar, cada um tem sua ideia gostos e meios. Alguns  chamam o passar o  dia  fora,  de  viajar,  outros  não, o que não vem  ao caso.
Viajar pode ter inumeras denominaçãoes,   de aventura, sem aventura,  alguns curtem conhecer  lugares  acampar ou  dormir  em hostels, (como Eu),  outros  curtem estar  em  lugares interessantes e ficar em quartos  luxuoso de  hoteis  5 estrelas, não repuldio isso desde  que  o  sujeito saiba  aproveitar.
O  mais  importante  é aproveitar e  viver o  lugar, pois  frescura  de mais,  só priva  as  pessoas  de  viverem  experiências novas. Só não deixe de ser  você,  de  fazer  o que  gosta  ou quer, por que vão te jugar, pois se  você fizer  tudo   seguindo os  outros  isso tambeém acontecerá e ainda  saira  insatisfeito,   logico  viajem em grupo tem que haver  um bom senso e respeito de  todos,  para que  todos  aproveitem ao maximo, afinal viajar  com amigos  é  sempre melhor. 
Costumamos  planejar o que faz parte,  por  minimo que seja,  mas as  vezes  as  melhores são de  ultima  hora sem pensar muito e   assim como a vida ,  viajar não tem script,  imprevistos  acontecem,   devemos  tentar  passar  por  tudo e ver da melhor  forma, por mais que   algo de  errado e  você  fique P* da  vida,  pode ter  certeza  no futuro  vai  contar  a  historia  rindo, e  ver  que  muita  gente  queria  te  passado  por aquele  perrengue  também.
Pois  até  perder  um vôo e  ficar  12h num aéroporto pode ser  interessante,  pelo menos  na  hora de  contar  a história pra  alguém, (visto foto ao lado)

Friday, August 20, 2010

Todas as direções.


     Primeiramente,   antes  de entrar  na  idéia pricipal deste Blog, que é  relatar  algumas  experiências e viagens  no Brasil e fora, vou  explicar o  por que  do nome, para quem nao sabe   e  para  quem  sabe  tambem, afinal  tera  aqui  o meu conceito.
Técnicamente, a rosa dos ventos é uma imagem que representa as quatro direções fundamentais e suas intermediarias , a  utilização de rosas-dos-ventos é extremamente comum em  sistemas de navegação antigos e atuais, corresponde  à volta completa do horizonte e surgiu da necessidade de indicar exatamente uma direção que nem mesmo os pontos intermediários determinariam, pois um mínimo desvio inicial torna-se cada vez maior, à medida que vai aumentando a distância.  Assim, praticamente todos os pontos na linha do horizonte podem ser localizados com exatidão. Cada quadrante da rosa-dos-ventos corresponde a 90º: considera-se o norte a 0º;  o leste a 90º; o sul a 180º, o oeste a 270º, e novamente o norte a 360º.
Assim como os meridianos estão para os pólos da mesma forma todos os rumos estão para o observador.
Para  mim,  ela  representa  muito  mais  que a  parte  técnica, quase  uma  filosifia de  vida,   a  sua relação com o viajar  conhecer e viver, não impotar o lugar, a distancia, mas sim a importância de estar  la e viver aquele momento,  o que vale é o proveito, as experiências que o individuo consegue tirar disto. Cada  um tem seu gosto por  tipos e estilos de  lugares, sem contar as  condições  para que  uma determinada  viagem aconteça, logico dentro das possibilidades de  cada um.
Mas nada  é  impossivel cabe a cada um estar  aberto as experiências e principalmente  aprender a buscar  o caminho mais curto, de  seus desejos sonhos, objetivos,   sem deixar de viver, viajar mesmo que por enquanto a  viajem esteja somente nas  ideias.
        E parece  besteira,  mas  não só este mas, a maioria dos ditos populares  dizem muito, e uma coisa é certa,  ´´ O que se leva da vida é a vida que se leva ``.
Você não precisa, largar tudo, gastar tudo, não viver, para ser responsavel ou bem sucedido ou simplismente parecer  que é. 
Nem sempre o mais facil confortavel comodo e o melhor, mais  interessante. Acredito que viver  o mais proximo da  realidade de cada lugar  é  interessante,  agraça não esta somente no turismo, nas  fotos  que  você vai mostrar pra  todo mundo,  mas nos detalhes , que você não vai esquecer mesmo sem fotos,  e por mais  dificil cansativo, alguns momentos,  serão motivo de risadas e histórias  no futuro, navegar é preciso, mesmo que  seja a pé, de carro, onibus,  avião e por que não de  camelo  que quase todo mundo quer andar  em um sob um sol de  mais 30 e ainda  pagar  por  isso.
Por que o que vale, não é só o  mais agradavel mas é viver.